BOOK TRAILER PARTE 1 LIVRO (U1) UNIVERSO 1

BLOG DE RECIFE - PERNAMBUCO - BRASIL

BLOG DE RECIFE - PERNAMBUCO - BRASIL

AJUDE O "BLOG DO BIOJARLA ATUAL" DOANDO QUALQUER VALOR EM BITCOINS (OBRIGADO AOS COLABORADORES.):

AJUDE O "BLOG DO BIOJARLA ATUAL" DOANDO QUALQUER VALOR EM BITCOINS (OBRIGADO AOS COLABORADORES.):
ENDEREÇO PARA DOAÇÃO DE BITCOINS: 14sfbQtyuUAMXY3WvaD1VH6jPrcrmvSFCE

ON LINE

terça-feira, 3 de abril de 2018

A "GLOBAGANÂNCIALIZAÇÃO" HUMANA

(((VALE A PENA REPOSTAR DO ANTIGO BLOG DO BIOJARLA)))


ESCRITO POR JARLILSON RICARDO (BIOJARLA), EM 03/02/2014.








ILUSTRAÇÕES DA INTERNET E DIVULGADAS EM VÁRIOS SITES E BLOGS MUNDIAIS.


O frio de mais um início de uma poderosa glaciação... E que parece aparentemente ser eterna... Uma natureza poderosa e que congela a coragem de muitos dos grupos mais “fracos”, ainda sem vestígio qualquer até do poder das primeiras e rudimentares tecnologias primitivas. Mas... Natureza esta que não consegue congelar a corarem de todos os grupos mais fracos, desesperando alguns destes pela sobrevivência a qualquer custo...  Uma glaciação que aguça o instinto de sobrevivência humana nos primórdios da aurora do homem. Emergindo o poder nômade em alguns dos primitivos povos hominídeos... Deixando como banquete para a morte os demais grupos que resolveram temer subjugando-se totalmente, de forma estática, para um aterrorizante inimigo mortal, o inverno glacial. Inverno glacial... Aí, sob um frio mortal, incrivelmente já se podem observar os primeiros vestígios da ganância humana... O sentimento "muitas vezes" traiçoeiro da tentacular ganância humana.
Num ambiente pré-histórico e congelado... Um grupo de batedores hominídeos nômades de uma tribo troglodita, com um já vasto e recente território conquistado, quer expandir ainda mais, mesmo sem precisar momentaneamente, suas conquistas de domínios territoriais em um mundo incrivelmente imprevisível e misterioso para eles e já mortalmente traiçoeiro para alguns do grupo. Este pequeno grupo de ágeis e os mais fortes guerreiros batedores desta tribo troglodita, armados só com pedras, estão à espreita, o mais silencioso possível para não serem notados. Estão em observação, encobertos sob poderosas pelagens de animais mortos por eles e que agora servem de agasalhos vitais, no alto de uma colina, escondidos e na tocaia, observando o outro lado, no pé da colina, próximo a um rio congelado em pleno vale ainda desconhecido por este grupo que quer futuramente desbravá-lo por completo. Estes trogloditas predominantemente, de forma profunda, ainda caçadores, estão confiantes e exaltados com o que parece ser, à primeira vista, mais um promissor e bem sucedido ataque. Estão prestes a iniciar mais um dos seus ataques esmagadores e mortais a um pequeno grupo isolado de uma tribo desconhecida. Estes trogloditas bolaram um rude, mas, para eles, estratégico e altamente promissor plano. Começam a observar atentamente os últimos detalhes da rotina momentânea do desprevenido grupo ao pé da colina, sentindo-se a partir deste momento, cada vez mais confiantes e ansiosos pelo início do ataque, pois, o poder diferencial da virtude da ainda primitiva, mas, sim!... Inteligência humana, só que troglodita ao pé da letra, parece já começar a fazer a positiva supremacia diferencial. Os guerreiros das cavernas começam a observar que no pequeno grupo que vai sofrer o ataque, só estão presentes no momento, mulheres e crianças e o tal ataque previsto tem todo o indício que vai ser cruel, violentíssimo, sanguinário e mortal; apesar das previsões de um ataque fácil, a natureza cruel do grupo de guerreiros ambiciosos trogloditas se sobressai. Alguns minutos depois, o chefe do bando de guerreiros trogloditas ambiciosos dá sinal para o início do ataque que prontamente se inicia, após a rápida aproximação, descendo a colina às escondidas, do grupo de homens trogloditas armados com grandes pedras. Começam a surgir as primeiras previsões evidentes... O grupo de trogloditas armados com grandes pedras começam a matar impiedosamente de forma incrivelmente silenciosa, sanguinária e super veloz, as primeiras mulheres e crianças moradoras das casas mais distanciadas do centro; mulheres estas desprevenidas e suas crianças próximas. O plano está indo bem... Logo o grupo de guerreiros trogloditas ambiciosos e assassinos começam agilmente a se aproximarem do centro da aldeia distante 300 metros mais adiante, onde existe uma média cabana central e, ao redor, algumas cabanas de pequeno porte. Ao redor da cabana central algumas mulheres estão estranhamente para o grupo de trogloditas, que já as avistaram, agachadas, de costas para eles e com alguns animais de grande porte, búfalos, incomumente aos olhos destes guerreiros trogloditas, caídos e imóveis. Estas mulheres estão fazendo movimentos estranhos aos olhos do grupo de guerreiros trogloditas assassinos, como se estivessem mexendo nos animais estranhamente caídos. Alguns do grupo de guerreiros já começam a sorrir ao sentirem que o ataque vai ser mais fácil do que imaginavam, enquanto dois dos guerreiros já sussurram para seus companheiros próximos que provavelmente são bruxas da tribo e que enfeitiçaram os animais que estão provavelmente dormindo. Uma surpresa!... O sangue mortal e inesperado do chefe do grupo de  guerreiros ambiciosos e trogloditas mina agora mortalmente do seu pescoço... Logo, a ganância humana trai amaldiçoadamente todos deste agora já falido, mortos e fadados a extinção eterna, um a um, grupo de guerreiros trogloditas assassinos. Caíram mortalmente e eternamente ao congelado chão que se banha com um mar de sangue que espirra dos seus pescoços e peitos, devido as inesperadas punhaladas das mulheres que estavam agachadas e ao observarem barulhos atrás delas, agilmente levantaram-se, largaram a carne dos animais que elas estavam retalhando para a alimentação da aldeia que já está mais evoluída, na transição para o uso da pedra também polida, onde as primeiras ferramentas mais aprimoradas fazem a diferença na agilidade e eficiência mortal, como punhais, machadinhas rudimentares, etc... A idade da pedra polida se faz agora, e é o que "gritam os estrondos" dos trovões raivosos da tempestade que molha os corpos pálidos das mulheres assassinas assustadas que agora começam timidamente a gritarem e a dançarem reverenciando os deuses da antiguidade por mais esta conquista do humilde e bondoso grupo de mulheres guerreiras, à espera dos seus homens vindo da caça e ansiosas para lhes contarem o tal feito de coragem e heroico; logo algumas do grupo correm com lágrimas nos olhos ao encontro dos corpos das inocentes mulheres e suas crianças mortas cruelmente, do grupo, mais ao longe. 
Pois é galera... Esta é minha (BIOJARLA) historia que contei para nos remeter inicialmente (e bota inicialmente mesmo nisso né... rsss) como esta porra de ganância humana é um problema sério e que hoje em dia parece até cada vez mais evidente querer estar cada vez mais se globalizando e de várias formas; formas estas às vezes incrivelmente a primeira vista perfeitamente acobertadas aos olhos de uma sociedade enfeitiçada, enganada e também doentiamente viciada pelo consumismo do mundo. O grupo de guerreiros assassinos trogloditas "se fudeu"! kkkkk Todos "fudidos" pela ganância humana, rsss. Pois bem... Mas, temos que realmente entender que "em alguns momentos" da história da humanidade, foi a ganância humana que também gerou forma de progresso em certos pontos de vista que podem ser analisados. Como exemplos que penso agora (e na minha opinião ok galera...?; vocês podem não concordarem), o homem e suas máquinas voando nos céus, após "também" (doa em quem doer) a "febre gananciosa" de invejarem as aves e tentarem de alguma forma voarem; a ganância das conquistas de territórios longínquos, mesmo com guerras e muitas mortes, mas, posteriormente gerando emprego, dinheiro, indústria, enfim, sociedades humanas fixando-se nestas regiões antes desabitadas e até mesmo totalmente isoladas de qualquer forma de civilização; alguns pensamentos gananciosos humanos que fizeram também o desbravamento e novas técnicas para obter vantagens variadas e desbravamentos em ambientes hostis e até mesmo à primeira vista inacessíveis para o homem; entre outros tantos exemplos. 
Um novo estrondo... Não mais da tempestade pre-histórica... Agora esta "porra" de estrondo que me assustou foi aqui nesta "porra" de mundo moderno, na cidade de Recife - Pernambuco - Brasil, no Shopping Tacaruna, e no qual me encontro agora assustado, procurando descobrir que "porra" de barulho é esse, sentando num banco num dos belos jardins deste Shopping, observando também o bando de pardais mais assustados do que eu, em revoada para bem distante, com medo do estrondo sinistro e que já tenho certeza que não é nenhum trovão. 
Como vocês sabem, o tempo não para... E já se passaram alguns meses, e naquele mesmo dia que escutei o tal barulho alto e estranho, aquele estrondo, minutos depois descobri o que era. Adivinhem...? Era simplesmente a tal ganância humana em pessoa e mais devastadora do que tudo... A partir daquele momento do estrondo, de um "filha de uma puta" e infeliz, amaldiçoado bate estaca, iniciava a destruição de um belíssimo jardim deste Shopping, altamente relaxante e que já era moradia de muitos animais como pássaros, etc, para ridiculamente e... GANANCIOSAMENTE, DESCARADAMENTE, começar, para minha nova surpresa (pois, pensava que o o enorme espaço iria ser local de, em sua maioria, lojas deste Shopping), uma ridícula, revoltante e anormal construção de um mega estacionamento com vários andares e fajutamente, colocaram só algumas lojas para distraírem os olhos e as mentes dos mais susceptíveis a isto, tentando assim acobertarem simplesmente a grande verdade por traz disto tudo: simplesmente o império do sentido ganancioso do consumismo doentio da modernidade, "arrombando cada vez mais" tudo e todos os ambientes. É uma verdadeira "putaria de acabamento do meio ambiente", e tudo em nome do bel prazer imediato das sociedades consumistas "pró-foda-se o planeta-e pronto". Porra cara?!... E o futuro porra?!... Eu realmente, não vou mentir... Estou começando seriamente a ficar preocupado... Cara, até aqui ao lado da minha casa, de ontem para hoje, da noite para o dia, um enorme terreno baldio e que esperava sinceramente que virasse uma belíssima praça, para a minha decepção, começou a ser construído um "Filha da puta" de enorme conjunto residencial", mais uma selva de pedra desgraçando o mundo. Tá foda isto gente... Lembrei-me agora de um dia aí que um jornal local noticou uma decepção de uma senhora que vinha caminhando por uma praia famosa no litoral sul daqui e teve que parar sua caminhada à beira mar à força, pois, surgiu uma infernal placa de aviso que ela recuasse, pois, a partir dali estava invadindo uma praia privada de um homem (não vou citar o nome) conhecido aqui em Recife. Que desgraça de final de passeio este, rss Eu heim... rsss Sei não viu. E sabe porque resolvi realmente falar sobre esta merda de globaganâncialização humana...? Porque noto que só estou conseguindo, ao observar a nossa modernidade, achar assombrosos e maléficos exemplos desta porra de ganância humana, ao contrário do que se podia ainda observar nos tempos antigos, no decorrer da história da humanidade, como já comentei. Porra meu, eu até já estou notando que parece até que tudo é proposital ultimamente sob o ponto de vista do que se vê na TV, estas programações merdas da TV aberta, simplesmente, no meu ponto de vista, pura ganância humana, tentando manipular telespectadores e induzi-los a comprarem pacotes de TV por assinatura. Né possível que só eu noto isto é...? Estas porras de vergonhosos e lamentáveis níveis fajutos na programação, ou melhor, numa significativa parte da população, enfim, na cultura do povo brasileiro cara?!... E onda é que não é só no Brasil não viu, é no mundo mesmo. É meu "vei"... "Te orienta" aí não visse BBB", rsss. Não podemos ficar parados vendo tudo isto de negativo não... Eu mesmo, não vou mentir, assisto é TV paga sem pagar mesmo, com softwares gratuitos da internet. Não estão tentando lascar discaradamente todos nós, então vamos à nossa forma e com menor teor de agressividade possível, driblar este "murro" na cara de todos nós, cidadãos mundiais. Porra meu... Coloquei 20 reais de crédito no meu celular e em alguns minutos, todos os creditos foram pro "beleleu", por causa de quem...? Ganância humana das famigeradas operadoras lucradoras e "sugadoras". E eu vou terminar esta merda que estou realmente "arretado" agora. Caralho!, rsss O que estes merdas não fazem simplesmente pelo lucro heim... rsss Quem diria... Restaurante Árabe vendendo muito Milk Shake e feijoada, rss; nunca me esquecerei desta aqui: (http://compromissoconsciente.blogspot.com.br/2011/10/lixo-hospitalar-vira-roupas-ha-11-anos.html) enormes quantidades de farrapos de roupas, melhor dizendo, lixos hospitalares sendo embarcados, acobertados em navios, entre continentes, para serem vendidos descaradamente como produtos de moda de alta qualidade. E vou terminar dizendo uma coisa, novamente doendo em quem doer (E SÓ TENHO QUE FALAR ISTO MESMO NO FINAL, POIS, TUDO ISTO É TÃO REVOLTANTE...): "PUTA QUE PARILLL!!!"  





Nenhum comentário:

Postar um comentário