BOOK TRAILER PARTE 1 LIVRO (U1) UNIVERSO 1

BLOG DE RECIFE - PERNAMBUCO - BRASIL

BLOG DE RECIFE - PERNAMBUCO - BRASIL

AJUDE O "BLOG DO BIOJARLA ATUAL" DOANDO QUALQUER VALOR EM BITCOINS (OBRIGADO AOS COLABORADORES.):

AJUDE O "BLOG DO BIOJARLA ATUAL" DOANDO QUALQUER VALOR EM BITCOINS (OBRIGADO AOS COLABORADORES.):
ENDEREÇO PARA DOAÇÃO DE BITCOINS: 14sfbQtyuUAMXY3WvaD1VH6jPrcrmvSFCE

ON LINE

segunda-feira, 2 de abril de 2018

BIOLOGIA: HEMATOLOGIA (((CURIOSIDADE))) DESVIO À ESQUERDA - VOCÊ SABE O QUE É ISSO? LEIA AQUI E ENTENDA.

(((VALE A PENA REPOSTAR DO ANTIGO BLOG DO BIOJARLA)))


Escrito em 22/08/2010 por JARLILSON RICARDO (BIOJARLA) BIÓLOGO FORMADO PELA UFRPE.




Com a propagação dos meios de comunicação, principalmente a revolucionária INTERNET, tornou-se comum o altíssimo poder de obter informação sobre os mais variados temas, um poder que está acessível à população mundial. Na INTERNET, é comum nos deparar no caminho de uma simples pesquisa, com temas muito aprofundados


que nos chamam a atenção e que, devido a alguma impossibilidade momentânea, mesmo com o nosso interesse para saber o que significa, deixamos aquela dúvida no ar. Tento aqui esclarecer uma dessas várias dúvidas para muitos, sobre o que significa DESVIO À ESQUERDA, amplamente observado em alguns exames de sangue e até mesmo ao nos depararmos com este termo numa simples pesquisa na NET.

Não existe nenhum bicho papão para enterder o que é isso, vamos entender fácil agora ok? Sigam a minha explicação abaixo:

Num exame de sangue muito comum, o popular HEMOGRAMA, que o médico pode pedir para tentar rigorosamente só em conjunto com os já conhecidos dados clínicos do paciente, fazer uma análise mais detalhada (o HEMOGRAMA não é analisado de maneira isolada, todos os médicos o analisam baseados no acompanhamento e dados clínicos do paciente), pode ser observado em muitos desses exames o termo DESVIO À ESQUERDA que indica simplesmente uma anormalidade no exame que tanto pode ser simples como grave dependendo do caso do paciente.

Mas, o DESVIO À ESQUERDA significa uma grande reação de defesa que o organismo do paciente está tendo, especificamente o sistema hematopoiético, ou simplesmente falando, a parte do corpo que produz as células sanguíneas, falando numa maneira mais popular “nossos melhores soldados”. Quando o paciente está doente, variadíssimos estados de patologia podem alterar o hemograma. Dependendo da gravidade da patologia e do estado sanguíneo do paciente, as células sanguíneas podem ser produzidas tanto normal como em larga escala e forçando a medula a trabalhar muito para lançar novas células de defesas no sangue para combater a situação anômala em que se encontra o organismo devido a tal enfermidade. Chega um determinado momento, com o decorrer do tempo, que a medula já não dá conta da produção dos leucócitos por completo ( não dá conta para mandar em tempo hábil os “soldados para o front”) e simplesmente manda para o sangue (“analogia”: campo de batalha”) algumas células sanguíneas de defesas imaturas (exemplificando, como os metamielócitos) para tentar um combate mais efetivo. O DESVIO À ESQUERDA será mais intenso, quanto maior for o número desses elementos imaturos no sangue periférico e também os tipos de células imaturas que estão aparecendo. Aparecem principalmente no processo inicial de infecção aguda.

Uma observação que posto aqui e que está também na minha monografia “CAUSAS DE LEUCOCITOSES E LEUCOPENIAS ANALISADAS EM ALGUNS CASOS NO HSE (HOSPITAL DOS SERVIDORES DO ESTADO DE PERNAMBUCO)”, é sobre o fato das grandiosas respostas hematológicas (a diferentes estímulos) mais exageradas na criança que no adulto (grandes leucocitoses, desvios à esquerda, presença de eosinófilos, que não haveria no adulto.). Estes fatos também devem ser levados em conta quando se interpretar um leucograma de criança, porque as respostas de aparência grave, por exemplo, não estão, às vezes, de acordo com o aspecto benigno do processo.

Espero com esta breve explicação pelo menos ter amenizado um pouco a dúvida sobre este termo, vlw.

OBS: A FOTO MOSTRA LINFÓCITOS E METAMIELÓCITO (COLETADA DA NET).




Nenhum comentário:

Postar um comentário